Blog

Blog

Estilo, consultoria e moda

Voltar para homepage
All
celebrity-style
dica-da-dri
divas
evento
i-like
look-da-dri
moda
videos

Inspiração no bem: vamos superar esse momento brasileiro

Inspiração no bem: vamos superar esse momento brasileiro
Nessas últimas horas e dias dessa semana, só estamos nos deparando com fatos nacionais que estão nos tirando o sono. Plantões noticiosos políticos assustadores, que – infelizmente – não param de atingir o nosso amado Brasil, e que me faz escrever sobre isso para vocês. Como encarar e passar por tudo isso, se não somos políticos, mas temos participação política ativa nas urnas e em nossas rotinas? Como acreditar e seguir em frente, a partir de então? Na minha opinião com trabalho, com honestidade, com motivação, com inspiração em pessoas de bem, que fazem o bem e acreditam no país, nas pessoas, e em cada cantinho do nosso Brasil. Quantos sonhos e projetos, pessoais ou profissionais, você tem? Você não acha que é totalmente possível realiza-los? Ou está pensando em desistir? Se a sua força de vontade, de luta, de perseverança e propósitos forem maior do que esse momento político que estamos passando, já teremos motivos e combustíveis suficientes para ajudar o Brasil a andar. E é de pessoas assim que o país precisa! Precisamos fazer diferente e mudar o país, o mundo, a começar pela mudança da nossa mente, das atitudes de cada um de nós, da positividade. Todo esse acontecimento é, na verdade, um grande momento de limpeza, então se juntarmos nossas energias, nossos objetivos com muita união vamos limpar e transformar o país. Afinal, não foi de uma hora para outra, ou de um dia para o outro que chegamos até aqui, então não vai ser mais uma crise política que vai nos derrubar. Senti essa enorme vontade de dividir solidariedade e esperança com vocês. Não existe mais culpado ou menos culpado, não é necessário elencarmos culpa alguma. As investigações aos envolvidos estão sendo feitas e a política vai pagar o seu preço, mas nós – brasileiros – não podemos e não vamos desistir do nosso país. Nada de pensar em abandonar o Brasil ou virar as costas. Não se influenciem pelo mal! Essa é a hora de todos nos unirmos para o bem. Vamos nos inspirar e nos motivar no bem. Transmitir o bem. Fazer o bem. Nossos sonhos, familiares, histórias, amigos, conquistas... tudo é maior e mais importante nesse momento. Não deixe nada tirar sua inspiração e motivação em nosso país e, principalmente, em você – pois, cada um de nós pode contribuir com a mudança. Acredite em você e no nosso país. Que nossa garra nos ajude a vencer mais essa. Força!!!! Beijinhos da Dri.

Trabalhar pode ser muito mais do que trabalho

Trabalhar pode ser muito mais do que trabalho
“Escolha um trabalho que você ame e não terás que trabalhar um único dia em sua vida”, já diria Confúcio. Trabalhar é ocupar-se de um trabalho; ter um. É também empenhar-se para executar ou alcançar um trabalho, um projeto, um objetivo. Qual é o seu trabalho ou o ‘seu trabalhar’? Você gosta do que faz? Faz por amor ao trabalho? Por conta do Dia do Trabalho, hoje trago um post para fazer vocês – mulheres e também homens – pensarem nesse tema tão importante... Para mim, trabalhar pode ser muito mais do que “apenas” trabalho, ter um trabalho e trabalhar. Quem nunca trabalhou pelo salário e remuneração, mas não fazia o que gostava e dava prazer? Ou ao contrário, quem nunca se sentiu realizado pela carreira que escolheu, mas nunca conseguiu trabalhar na área que gosta e sentiria felicidade? Meu principal ponto a contribuir com esse assunto é: ame o que faz, profissionalmente. Trabalho precisa, entre outras coisas, de muito, mas MUITO AMOR. Steve Jobs foi impecável, em 2005, ao dizer que “você tem de encontrar o que você ama. A única maneira de fazer um excelente trabalho é amar o que faz. Se você ainda não encontrou, continue procurando, e não se acomode”; e eu concordo totalmente com ele. Tudo com amor fica mais fácil. Tudo com amor retorna, mesmo que não seja imediatamente. Tudo com amor cria relações, melhores hábitos e processos, melhores resultados, e amor só gera mais amor – também no ambiente de trabalho. Traga suas características pessoais positivas, de muita gentileza e amor, ao seu ambiente de trabalho. Procure um novo emprego com amor. Mantenha seu trabalho com amor. Ame seu trabalho! Feliz Dia do Trabalho a todos os trabalhadores e trabalhadoras – principalmente para aquelas e aqueles que fazem tudo com amor e por amor! Beijinhos da Dri.

Mulheres, na vida e na tela: a força do empoderamento

Mulheres, na vida e na tela: a força do empoderamento
Protagonismo e empoderamento feminino, felizmente, estão cada vez mais em alta e serviços de streaming, como o Netflix, estão colaborando com essa alavancada tão importante para o Brasil e toda a sociedade como um todo – considerando que, infelizmente, diferenças e falta de respeito com as mulheres ainda continuam acontecendo e polemizando nossos cotidianos. MulheresEmpoderadas_DentroDoPost_001 Não só protagonizadas, as séries – do Netflix a serem lançadas e algumas já “no ar” – também são dirigidas por mulheres. Além de GirlBoss – a série baseada no livro de Sophia Amoruso sobre a experiência com a Nasty Gal -, Dear White People, que já deu o que falar antes mesmo da estreia, segundo a imprensa, e as novas temporadas de OITNB e Grace & Frankie, tem muita produção original poderosa. MulheresEmpoderadas_DentroDoPost_002 Já podemos conferir – desde março – Julie Andews em A Sala de Julie, um periódico divertido e alternativo, que traz vários nomes hollywoodianos para falar sobre artes, cinema e cultura. Uma das maiores apostas é Ingobernable, que retrata a história da primeira-dama mexicana Emilia Urquiza na luta por justiça e contra o machismo do universo político. Também já entrou pro catálogo no mês passado. Já assistiu? A série Glow, por exemplo, aborda a história real da liga de luta livre feminina nos anos 1980 em Los Angeles. Esta será lançada em junho deste ano. MulheresEmpoderadas_DentroDoPost_003 Em Las Chicas del Cable, quatro jovens começam a trabalhar como operadoras de telefonia em 1928, unindo-se em um universo de ciúme, traição, amizade, inveja e amor – quase nada parecido com a nossa rotina, não é mesmo? A previsão de estreia é para 28 de abril, última sexta deste mês. Esses são só alguns exemplos e tem muito mais para o segundo semestre. Vale citar muitos enredos interessantes, lutas, polêmicas e progressos diversos, com mais nomes em: House Of Cards, Sense8, Orange Is The New Black e muito mais. Também no Netflix, mas no quesito filmes, o empoderamento feminino mantém destaque. Sugiro “Cake - Uma Razão Para Viver”, de 2015, no qual Claire Simmons (Jennifer Aniston) é uma mulher traumatizada e depressiva, que busca ajuda em um grupo para pessoas com dores crônicas. Lá, ela descobre o suicídio de um dos membros do grupo, Nina (Anna Kendrick). Claire fica obcecada pela história desta mulher e começa a investigar a sua vida. Aos poucos, começa a desenvolver uma relação inesperada com o ex-marido de Nina. MulheresEmpoderadas_DentroDoPost_004 Indico ainda “Preciosa - Uma História de Esperança”, de 2010. 1987, Nova Iorque, bairro do Harlem. Claireece 'Preciosa' Jones (Gabourey Sidibe) é uma adolescente de 16 anos que sofre uma série de privações durante sua juventude. Violentada pelo pai (Rodney Jackson) e abusada pela mãe (Mo'Nique), ela cresce irritada e sem qualquer tipo de amor. O fato de ser pobre e gorda também não a ajuda nem um pouco. Além disso, Preciosa tem um filho apelidado de 'Mongo' por ser portador de Síndrome de Down, que está sob os cuidados da avó. Quando engravida pela segunda vez, Preciosa é suspensa da escola. A sra. Lichtenstein (Nealla Gordon) consegue, para ela, uma escola alternativa, que possa ajudá-la a melhor lidar com sua vida. Lá, Preciosa encontra um meio de fugir de sua existência traumática, se refugiando em sua imaginação. Vale a pena baixar, se inspirar, se informar e disseminar esses temas tão importantes para nós! Espero que tenham gostado das dicas. Beijinhos da Dri.

Como incentivar o empreendedorismo no dia a dia?

Como incentivar o empreendedorismo no dia a dia?
Não é preciso ser uma executiva renomada ou conhecida, nem ter uma pós-graduação ou anos de especialização, intercâmbio e nem ‘idade’ avançada para ser considerado um(a) empreendedor(a), pois as relações de negócios ou não estão sempre ao nosso alcance. Quer saber como? No dia a dia temos várias oportunidades de incentivar o empreendedorismo, seja no nosso trabalho ou até em casa, com a família, filhos, e até em momentos de descontração com os amigos. Empreender vai muito além da nossa empresa. Começa no “bom dia” energizado que damos pela manhã, na transformação das regras e melhorias do nosso condomínio, bairro, vizinhança, na inspiração de uma ideia que conseguimos dar para a escolinha dos nossos filhos; cada atitude nova pensada e que possa ser vista como uma nova oportunidade para melhorar algo para você ou para o próximo já é uma cultura de empreender! Você tem olhado ao seu redor? Comece a observar as pessoas e ofereça ajuda para quem precisar e até mesmo para aquelas pessoas que você tem abertura de sugerir melhorias, nem que sejam relacionadas a um curso novo e gratuito que está sendo oferecido e que ela possa querer aprender. Aproveite as pausas, os almoços e os cafés para descobrir mais talentos em sua equipe e, principalmente, em outras equipes e áreas, assim você saberá quem tem habilidades distintas e que possam ser úteis de alguma maneira. Troque suas reclamações por soluções. Proponha ações que possam somar, desde caminhadas depois do trabalho, até caronas até locais em comum. Essa proximidade com as pessoas do seu convívio pode render bons frutos e ideias para todos e as reclamações coletivas podem ser repensadas para soluções à maioria! Incentive, anime, faça depósitos de gentileza e educação, pois seu saldo estará sempre positivo em dias difíceis e que você também precise de doses de bom humor e de empreendedorismo e criatividade. Compartilhe atitudes que possam ser vistas com admiração. Tenho certeza que assim a sua rotina vai ser muito mais enriquecedora, tanto no pessoal quanto no profissional. Pense nisso! Beijinhos da Dri.

Mulher e mercado de trabalho: precisamos continuar lutando

Mulher e mercado de trabalho: precisamos continuar lutando
Vamos falar de carreira? Você sabia que em todo o mundo, mulheres ganham em média 24% menos do que homens para fazer o mesmo tipo de trabalho? Esse dado é do Relatório de Desenvolvimento Humano 2015, publicado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). De acordo com o mesmo levantamento, elas representam 52% da força de trabalho mundial. Ou seja, precisamos continuar lutando com todas as nossas forças para equiparar a questão salarial, ja que nossa força de trabalho está sendo muito bem utilizada – como mostram os dados! E, você sabe quais são as profissões preferidas e escolhidas por mulheres, especificamente no Brasil? Pedagogia é o curso mais popular entre as mulheres no Brasil, sendo que direito é a carreira preferida pelos homens segundo o Censo da Educação Superior (em matéria da revista Exame).  A lista das profissões preferidas pelas mulheres é totalmente dominada por graduações em humanidades, como pedagogia e direito, ou formações ligadas à saúde, como enfermagem e fisioterapia. Apesar da melhora nos últimos anos, alcançada principalmente pela tomada de consciência da população, as estatísticas ainda apontam níveis altos de desigualdade entre os gêneros no ambiente corporativo. Então, independentemente da sua profissão faça o seu melhor. Continue acreditando em você, ainda que nosso gênero seja menos valorizado pela maioria. Não importa se você está entre as profissões mais populares; tenha orgulho do seu ofício. Tenha certeza, pois eu tenho, que o mais importante é você trabalhar com algo que te faz feliz. Acredite sempre em você! Beijinhos da Dri.

Aflore a criatividade que existe em você

Aflore a criatividade que existe em você
Você sabia que a criatividade é uma das competências e habilidades mais valorizadas pelos empregadores e empresas? Não importa a sua área de especialização ou o segmento da companhia de trabalho é necessário usar e abusar da criatividade sempre! Você já pensou, por exemplo, o quanto a tecnologia se transforma a cada dia, mês e ano? Quantas redes sociais são criadas, aplicativos sendo lançados e muitas novidades que praticamente não acompanhamos se não estivermos sempre antenadas? Então, o que fazer e como se preparar para ativar essa criatividade em cada uma de nós? Vou listar algumas dicas que me ajudam e que certamente vão lhe auxiliar: 1)      Reclame menos e procure mais soluções. Nessa busca por resolver uma questão, você pode aprender e surpreender (você mesma e aos outros); 2)      Seja curiosa quando o assunto é trabalho, principalmente em tarefas coletivas. Afinal, aprender e ajudar nunca são demais; 3)      Essa dica parece batida, mas é a mais pura verdade: leia, leia, leia mais. Muito mais; 4)      Aprenda com as crianças e jovens, eles sempre têm o que nos ensinar; 5)      Siga seus instintos quando for possível ousar. Arrisque; 6)      Seja proativa sempre que lhe disponibilizarem possibilidades. Criatividade é sempre bem-vista como sugestão; 7)       E, por fim, inspire-se. A criatividade é a inspiração que você não expõe. Não tenha medo e aflore a criatividade que existe em cada um de nós. Acredite na criatividade que só você tem! Beijinhos da Dri.