Maternidade e carreira: ganhos para mulheres e empresas

Maternidade e carreira: ganhos para mulheres e empresas

Adriana Restum > Dica da Dri > Maternidade e carreira: ganhos para mulheres e empresas

O momento de trocar ou adaptar a rotina profissional para fraldas e noites em claro tem sido cada vez mais repensado, e muitas vezes adiado pela maioria das mulheres. Afinal, há muitas dúvidas que ainda norteiam o tema maternidade e carreira.

Com o crescimento constante da participação feminina no mercado de trabalho, e em cargos de todas as escalas, e o consequente aumento de suas atribuições, muitas têm adiado esse importante passo com medo de prejudicar a carreira. Mas, a primeira – e em minha opinião – principal dica para esse ponto, é que as mulheres e futuras mamães precisam estar muito seguras na profissão e empresa em que estão trabalhando. Não é só olhar a parte financeira do planejamento profissional para a decisão pessoal, eu estou falando e sugerindo a segurança enquanto profissional, pessoa, mulher e – enfim – mãe. Está tudo de forma segura para você?

Dívidas, ausência de companhia (marido, ou família melhor estruturada), ritmo de trabalho muito intenso, planejamento do lar, rotina, são ponto que devem ser levados em total consideração – além da parte financeira do tema. Pois, levantados e ajustados esses pontos eu ouso dizer que a maternidade não dificulta a vida profissional das mulheres, mas sim agrega.

Ser mãe possibilita grandes oportunidades de ganhos tanto para a mulher quanto para as companhias, que essas mães trabalham. Mudam-se e melhoram-se os valores e os sentidos!

Após ser mãe eu, por exemplo, consigo enxergar muito melhor o conceito de sucesso. Tenho motivação por mim e pelos meus filhos e família, de modo que diariamente trabalho com total prazer por mim e por eles.

A valorização profissional como mulher, e depois como mãe, me dá um significado maior e verdadeiro, de modo que eu acredito em mim e cultivo diariamente tarefas que no futuro tanto eu quanto meus filhos irão se orgulhar!

Pensando por esse ângulo e contexto, acredito que a mulher, ao tomar consciência da importância de amar um novo ser gerado por ela, amadurece e desenvolve uma competência de liderança com um novo amor.

Essa liderança é espelho de inspiração e, assim, essa mulher desenvolve e aprimora disciplinas de domínio pessoal que vão de encontro com sua capacidade profissional e de sua equipe. Então, há muito o que aproveitar dessa nova responsabilidade também no mundo dos negócios.

Meus filhos e minha família são os combustíveis da minha profissão e carreira. Que sejam os da sua também!

Parabéns para você, mãe que está lendo este post!

Beijinhos da Dri.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *