Mulher e mercado de trabalho: precisamos continuar lutando

Mulher e mercado de trabalho: precisamos continuar lutando

Adriana Restum > Dica da Dri > Mulher e mercado de trabalho: precisamos continuar lutando

Vamos falar de carreira?

Você sabia que em todo o mundo, mulheres ganham em média 24% menos do que homens para fazer o mesmo tipo de trabalho? Esse dado é do Relatório de Desenvolvimento Humano 2015, publicado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). De acordo com o mesmo levantamento, elas representam 52% da força de trabalho mundial. Ou seja, precisamos continuar lutando com todas as nossas forças para equiparar a questão salarial, ja que nossa força de trabalho está sendo muito bem utilizada – como mostram os dados!

E, você sabe quais são as profissões preferidas e escolhidas por mulheres, especificamente no Brasil?

Pedagogia é o curso mais popular entre as mulheres no Brasil, sendo que direito é a carreira preferida pelos homens segundo o Censo da Educação Superior (em matéria da revista Exame).  A lista das profissões preferidas pelas mulheres é totalmente dominada por graduações em humanidades, como pedagogia e direito, ou formações ligadas à saúde, como enfermagem e fisioterapia.

Apesar da melhora nos últimos anos, alcançada principalmente pela tomada de consciência da população, as estatísticas ainda apontam níveis altos de desigualdade entre os gêneros no ambiente corporativo.

Então, independentemente da sua profissão faça o seu melhor. Continue acreditando em você, ainda que nosso gênero seja menos valorizado pela maioria.

Não importa se você está entre as profissões mais populares; tenha orgulho do seu ofício. Tenha certeza, pois eu tenho, que o mais importante é você trabalhar com algo que te faz feliz.

Acredite sempre em você!

Beijinhos da Dri.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *