De olho na balança nesse verão e em qualquer estação

De olho na balança nesse verão e em qualquer estação

Adriana Restum > Dica da Dri > De olho na balança nesse verão e em qualquer estação

Amiga e mulher, hoje resolvi escrever sobre um assunto que assombra a todas nós: a neura com a balança. Você sabe a diferença entre perder peso e se livrar, de fato, da gordura?

No último domingo (14), o Fantástico exibiu uma reportagem sobre gordura – pesquisas, testes, diferenciando gorduras do bem e gorduras do mal – e, por isso, resolvi trazer o assunto à tona nesse começo de ano. A gordura não é uma inimiga, mas sim uma aliada quando consumida na medida certa e do jeito certo.

Mas, nós, mulheres, costumamos ter uma “neura” com a balança e nos esquecemos de que dígitos menores nem sempre correspondem ao melhor resultado. O que isso significa? Às vezes, perdemos peso em gordura e ganhamos massa magra. Na balança parece que está tudo igual, mas não é verdade.

Quando perdemos gordura e ganhamos massa magra é sinal que o metabolismo está dando sinais de bom funcionamento e o corpo está ficando definido. Ao livrar-se das chamadas gordura do mal, nosso corpo trabalha melhor e nos dá a aparência estética mais agradável.

Gorduras do bem estão liberadas

As gorduras boas (ou do bem) são encontradas em: frutos do mar e peixes (atum, salmão, truta, sardinha e bacalhau), nas oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas, castanha de caju, castanha-do-pará, avelãs, pistaches e macadâmia). Você também acha esse tipo em sementes (chia, linhaça e abóbora), no azeite de oliva e óleos vegetais (girassol e milho) e até no abacate – não se esqueça dos excessos!

Essas gorduras, além de manter os níveis do colesterol bom (HDL) e baixar o ruim (LDL), estimulam o metabolismo, ajudando a perdermos peso. Além disso, fornecem ácidos graxos essenciais, que são fonte de energia, mantêm a pele macia, transportam vitaminas no sangue e produzem hormônios. Olha a quantidade de benefícios em consumir a gordura certa…

Equilíbrio é tudo

Então o que fazer para chegar nesse equilíbrio? Devemos ter um cuidado extra com a alimentação para ficarmos com tudo em cima com a balança, no verão e em qualquer estação. Porque o mais importante é a qualidade de vida e a qualidade do nosso corpo, e não só questões estéticas que tanto nos dão dores de cabeça.

Para haver equilíbrio é preciso que exercícios físicos sejam praticados regularmente e acompanhados de uma alimentação balanceada indicada por especialista de nutrição, por exemplo. Veja que legal esse vídeo com várias dicas complementares do programa Bem-Estar – eu sempre assisto e recomendo

Não deixe para depois, pois toda hora é o momento certo de começar a cuidar da saúde e de você! Tem alguma dica complementar que você colocou em prática e deu certo? Compartilhe comigo aqui no blog; você pode ajudar outras pessoas.

Beijinhos da Dri.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *